O que são os TeSP

O que são os TeSP
O Curso Técnico Superior Profissional (TeSP) criado pelo Decreto-Lei n.º 43/2014 de 18 de março, é uma formação de ensino superior politécnica, que confere uma qualificação de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações. O TeSP, não confere grau académico, atribuindo um “Diploma de Técnico Superior Profissional”.

I. CONDIÇÕES DE ACESSO
1. De acordo com o Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 63/2016, de 13 de setembro, têm acesso aos TeSP ministrados pelo IPG:
a) Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
b) Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas, destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, ao abrigo do disposto no Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março, alterado pelos Decretos-Leis nºs 113/2014, de 16 de julho e 63/2016, de 13 de setembro.
c) Podem igualmente candidatar-se ao acesso aos cursos técnicos superiores profissionais os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior.
d) Os estudantes que concluam os cursos de formação profissional de nível secundário ou equivalente nas escolas e noutras entidades que integrem a rede do IPG têm prioridade na ocupação de até 50% das vagas que sejam fixadas nos cursos técnicos superiores profissionais ministrados pelo IPG e para os quais reúnam as condições de ingresso.

2. 2. O ingresso em cada CTeSP é ainda condicionado, à verificação das condições de ingresso fixadas nos Despachos de registo de criação dos cursos.
 
II. SAÍDAS PROFISSIONAIS E PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS
Estes ciclos de estudos visam a obtenção de uma qualificação profissional que permita uma rápida inserção no mercado, permitindo igualmente o prosseguimento de estudos no ensino superior (licenciaturas e/ou mestrados integrados). * Estes candidatos, para além de terem que realizar uma prova escrita para ingresso no curso, deverão cursar, obrigatoriamente, um plano de formação complementar com entre 15 e 30 créditos.

III. DURAÇÃO E ESTRUTURA DOS CURSOS
Estes ciclos de estudos serão ministrados no âmbito do ensino superior politécnico, têm uma duração de 2 anos (120 ECTS) e têm uma componente de formação geral e científica, uma componente de formação técnica e uma componente de formação em contexto de trabalho, que se concretiza através de um estágio (um semestre).

IV. REDE REGIONAL DE ENSINO PROFISSIONAL
Para realizar a coordenação entre a oferta educativa dos níveis de qualificação 4, 5 e 6, em cada região, serão criadas redes regionais que integram, para além dos Institutos Politécnicos, as escolas públicas que ministram formação profissional de nível de qualificação 4 e os Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional. Podem ainda integrar estas redes, outras entidades, públicas e privadas, que ministrem cursos de dupla certificação de nível de qualificação 4. Os estudantes que concluam a formação de nível 4 nas entidades da rede, têm prioridade na ocupação de até 50% das vagas que sejam fixadas nos TeSP, desde que reúnam as condições de ingresso.



Centro de Informática | Instituto Politécnico da Guarda | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro Nº50 | 6300-559 Guarda | www.ci.ipg.pt | email: ci@ipg.pt