c

Programa

09.30 h – Sessão de abertura

10.00 h – “Materiais, formato e suporte na Toponímia no distrito da Guarda”, António Moutinho Borges

10.30 h – “Toponímia de uma aldeia: o caso de Manigoto”, Manuel Neves

11. 00 h – Intervalo

11.15 h – “Toponímia e memória social”, Dulce Helena Borges

11.45 h – “Toponímia e arqueologia: uma experiência por terras do Jarmelo”, Tiago Pinheiro Ramos

12.15 h – “A II Guerra Mundial nas ruas da Guarda”, Tiago Agostinho Tadeu

13.00 h – Almoço

14.30 h – “Complexidade no estudo da toponímia no distrito da Guarda”, Adriano Vasco Rodrigues

15.00 h – “A toponímia, património imaterial das comunidades urbanas e sua ideologização", Carlos Ferreira Caetano

15.30 h – “À descoberta de conexões Toponímicas de Vilar de Amargo: ou como o passado que fala ao presente ilumina o futuro”, Urbana Bolota Cordeiro

16.00 h – “Placas toponímicas da Guarda: memórias e omissões”, Helder Sequeira

16.30 h - Debate

17.00 h – Apresentação de livros:
- A Toponímia da cidade da Guarda e a construção da memória pública no séc. XX
- Toponímia da Guarda: comunicações do I Fórum sobre Toponímia

17.30 h – Sessão de Encerramento (Auditório dos Serviços Centrais do IPG)



Instituto Politécnico da Guarda | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro Nº50 | 6301-559 Guarda